Fetiche por ruivos(as)?

 Pessoas ruivas são aquelas cujos cabelos e demais pelos no corpo possuem cor avermelhada ou alaranjada. Uma pessoa se torna ruiva devido a uma mutação no gene  MC1R do cromossomo 16.  A mutação nesse gene altera a produção de dois pigmentos: A feomelanina, de cor avermelhada ou amarelada, e a eumelanina, de tonalidade acastanhada ou preta - responsáveis pela coloração dos cabelos e dos pêlos, tornando-os vermelhos ou avermelhados.

A maioria dos ruivos possui sardas devido a essa mutação, que faz com que, como ‘‘efeito colateral’’, melanina se acumule em porções da pele em partes concentradas do corpo. Mas não somente pessoas ruivas podem possuir sardas, as sardas podem ser uma resposta da pele à agressão do sol - ela se pigmenta para bloquear a penetração dos raios solares. Esse gene também altera os receptores sensíveis a dor do cérebro, uma curiosidade é que pessoas ruivas precisam, em média, 20% mais anestesia que pessoas não ruivas.

Acredita-se que os portadores de cabelos vermelhos sejam de 1 a 4% do total (de 60 milhões a 240 milhões de pessoas). E é na Grã-Bretanha que eles estão mais concentrados: Na Escócia, uma em cada dez pessoas é ruiva, mas embora, em proporção, a Escócia tenha mais ruivos, em números brutos, os EUA ganham, com uma população de  6 a 18 milhões de ruivos, ou 2-6% de seus habitantes.

Geralmente, ruivos são canhotos ou possuem olhos azuis ou alguma característica de genes recessivos além dos cabelos avermelhados, já que genes recessivos costumam se manifestar em grupos (por isso a frequência de pessoas loiras com olhos claros, por exemplo).

Por se tratar de um gene recessivo, pode-se passar várias gerações, em uma família, entre um ruivo e outro.
Durante a Idade Média, uma criança com cabelo vermelho era tida como concebida durante um "sexo impuro" ou durante a menstruação, essas crianças sofriam muito por serem consideradas filhos bastardos na maioria das vezes.

Os cabelos vermelhos não ficam cinza como as outras cores de cabelo. Eles tendem a tornar-se aloirados e, depois, brancos. Por manterem seu pigmento, são mais difíceis de tingir.
Durante a caça às bruxas na Europa, muitas mulheres foram queimadas na fogueira como bruxas simplesmente porque tinham os cabelos vermelhos.
Na Roma antiga, escravos ruivos eram bem mais caros do que os demais com outras cores de cabelo.
Os egípcios consideravam a cor vermelha tão azarenta, que queimavam mulheres ruivas em rituais que tinham como objetivo extinguir os cabelos avermelhados.

0 Comentários:

Related Posts with Thumbnails
 
Copyright © Leis de M.E.R.F.