Qual a origem do "pente"?

O pente de cabelo é um daqueles utensilhos que você usa diariamente (ou pelo menos deveria usar) que é tão rotineiro que nem damos tanta importância para ele, mas ele é algo bem mais antigo do que você imagina.
Lendo o Manipulado 24hs eu achei um pouco da história dele.

Não, o pente não foi inventado na pré-história, podemos ver isso pelos cabelos de nossos antepassados.
A palavra "pente" vem do latim “pecten” que não significa nada, mas é sim o nome dado a uma concha com formato semelhante aos dentes do objeto que conhecemos hoje em dia.
Os primeiros pentes foram desenvolvidos na Babilônia, feitos com espinhos de plantas.

Os egipcios foram, na antiguidade, uma das civilizações que mais usaram o pente, tanto que ele era considerado artigo de luxo e chegava a ser decorado com pedras preciosas e cobertos de ouro. Alguns dizem que Cleópatra usava um pente feito da espinha de peixes. Porém foram os Romanos que reduziram seu tamanho, podendo assim carregá-lo até no bolso (nos nossos tempos podemos ver aqueles mini-pentes que tem um espelho que as meninas usam).
Na Idade Média, usavam-se pentes de chumbo para diminuir a cor dos cabelos ruivos.
 Luis XIV (O Rei Sol) quem  inovou encomendando a joalheiros da época pentes de ouro, prata e pedras preciosas para segurar os penteados.


Abaixo, alguns pentes do passado:

(Pente de madeira da tribo Akan de Gana)


(Pente de Ferro - da Idade do Ferro - feito entre 25a.C. e 75a.C.)


(Pente do antigo Egito, provavelmente feito no século 6a.C.)
 


(Pentes feitos na Espanha do século XVII, percebam que são feitos de ouro - o da esquerda ainda é decorado com pedras preciosas)

(Pentes de Luanda)

(Pentes da China - Pois teve uma época em que eles não falsificavam tudo)



(Pentes dos nossos tempos)

0 Comentários:

Related Posts with Thumbnails
 
Copyright © Leis de M.E.R.F.