6 comportamentos "inapropriados" que a ciência diz fazerem bem para você

Vários educadores dizem que o sucesso vem com muito trabalho duro, determinação, ambição, dterminação e etc.

Já a ciência está começando a provar que são os "maus comportamentos" que garantes uma vida feliz e até saudável.

1. Fumar maconha pode ser benéfico contra Alzheimer e Câncer

Não estou dizendo que você deve fumar maconha, até porque como todos sabem, aqui no Brasil fumar maconha é proibido, então não venha copiar esse post e mostrar ao policial na tentativa de mostrar o por quê que você estava fumando maconha.

Então, como isso faz bem?
De acordo com o Professor Raphael Mechoulam, maconha contém cannabinoids, um composto orgânico que, de acordo com estudos recentes, pode retardar o avanço de doenças cerebais.
  Estudos ainda mostram que esse composto pode impedir o crescimento de tumores, evitando assim diversas formas de câncer.
Novamente, não fume maconha enquanto ela não for legalizada por aqui. Vá para a Holanda e se divirta se a sua necessidade for grande.

2. Ser gordo pode fazer você viver mais

Quando digo "gordo" eu não falo em obesidade mórbida, esse último estágio continua sendo muito perigoso para a saúde. Mas...
Um estudo Canadense acompanhou atentamente várias pessoas por 12 anos, não ligando para o que elas comiam ou não.
Como esperado, as pessoas que eram muito obesas morreram primeiro, provando que excesso exagerado de peso e´ruim para a saúde.
Mas curiosamente, os mais magros foram os que morreram em segundo.
Sobrou então aqueles "meio-termo" um pouco mais gordinhos, que não eram obesos mas também não eram secos.
Então, como isso faz bem?
A razão principal para que os mais gordinhos vivam mais tempo é que o corpo deles possuem reservas de gordura que podem ser usadas em momentos de estresse ou tristeza, assim o corpo resiste mais a essas emoções, coisa que os magros não.
Em meios leigos: Ficar o dia todo no sofá pode ser menos perigoso que ser modelo de cueca da Calvin Klein.
Ok, ser um pouco gordo pode te ajudar a passar por estresse, mas não significa que uma bunda grande vai, sei lá, salvar a sua vida, não é mesmo?
Errado.
Um estudo inglês mostrou que as pessoas que possuem uma bunda mais gorda produzem mais hormênios que, em teoria, reduzem o risco da pessoa ter diabetes.
Outro estudo mostrou que, alunos que resolveram malhar a bunda durante o período escolar, aqueles que perderam mais peso eram também os que mais tinham chances de ter um ataque cardíaco.
Há pessoas magras que na verdade possuem pouco músculo no corpo, e tudo aquilo que você vê (embora seja pouco) é gordura. Pessoas classificadas como "falsas magras", e toda a gordura do corpo dessas pessoas está circulando pelas veias. melhor gordura na bunda que gordura no coração.




3. Matar aula pode deixar você mais feliz

Esse provavelmente é o comportamento mais previsível, afinal, com aquele(a) professor(a) chato(a), ninguém merece um período. (Claro, isso não se aplica na faculdade, onde a vida é sexo, drogas, bebida e se for possível, mais sexo).
Mas pensem, cursos de idiomas, palestras, trabalhos, provas, projetos e tudo mais devem servir para alguma coisa, certo? Correto. Isso tudo faz você ficar depressivo e com grandes chances de ter uma vida miserável.

Então, como isso faz bem?
Estudos comprovam que, quanto mais horas de estudos você têm, mais chances de ficar desiludido com a vida você terá.
Sem falar que o estresse é uma das principais "diversões" que se consegue estudando por horas.
E agora um motivo para você nem pensar em escola denovo: Já é comprovado que pessoas mais ineligentes fazem menos sexo.
Quanto mais você estudar para uma prova, menores são as chances de você se dar bem essa noite ou em qualquer peíodo próximo.
Resumindo: Escola é um imã contra o afrodisíaco, fazendo que os espertalhões vivam pouco e para eles.

4. Dormir bastante é bom para a sua saúde


Sempre ouvi de professores, avós, tias, pais e etc. que quem mais cedo levanta mais cedo começa e dia e assim o torna mais produtivo.
Tudo um bando de besteira.
Já foi provado que dormir tarde é muito melhor para a saúde que logo cedo sair da cama.

Então, como isso faz bem?

Tudo bem, passar 24hrs por dia dormindo pode até fazer mal, mas antes muito tempo dormindo que não dormir o suficiente.
O motivo para você se sentir uma plasta de merda inútil quando desliga seu despertador é que você está se matando.

Pessoas que dormem 7 horas ou mesmo têm 70% de chance a mais de morrer mais jovens. Isso por quê elas ficam mais estressadas (o que faz elas dirigirem pior e executar todas as outras funções do dia-a-dia de maneira pior e mais detaenta).
Falta de sono faz você ficar desatendo e desfocado, ou seja, mais sorte para que você faça algo idiotamente mortal. (Sempre falo para as pessoas não mexerem com substâncias radioativas com sono, mas elas nunca me ouvem).
Tudo isso mostra que se levantar para correr na praia em uma hora de sono faz mais mal à saúde que permanecer na cama.

5.Desperdiçar sua vida na Internet pode evitar a demência

Sempre ouvimos de nossos pais para usarmos menos o computador.
A desculpa é que isso faz mal para nossos olhos e que pode causar "demência".
É até meio lógico, afinal, estamos em um modo "stand by", não muito focados, é como ver um filme trash, não estamos pensando muito ou exercitando o cérebro, pelo menos não tanto quanto estariamos se estivessemos lendo ou fazendo palavras cruzadas por exemplo.
Se não desenvolvemos nossa capacidade cognitiva, ficamos burros, certo?
Errado.

Então, como isso faz bem?
Um teste foi feito em várias pessoas que estavam usando buscadores (Google é um exemplo) e o resultado foi que essa busca incentivava mais o cérebro do que a leitura de um livro faria.
O teste foi aplicado até mesmo com idosos, e não, eles não estavam procurando por sexo com cavalos.
Poderiam estar até procurando a melhor receita de mingau de aveia, não interessa, isso estimulou muito o cérebro deles e ajudou a evitar a demência e a deterioração dos neurônios.
 Não é um buscador, ou melhor, não é o Google que faz o cérebro ficar mais saudável mas sim a velocidade com que as informações chegam até nós na internet.
Visitando vários sites ao mesmo tempo faz você absorver muitas informações e vários tipos das mesmas, fazendo seu cérebro raciocinar mais e ficar mais "turbinado".
Da próxima vez que você for seguir alguém no twitter enquanto entra em uma comunidade do orkut ao mesmo tempo que comenta no Plurk e adiciona um amigo no Facebook, tudo isso falando sobre ontem à noite com a namorada no msn, pense que isso faz bem ao cérebro.

A Internet está fazendo com que seres humanos se tornem mais rápidos e espertos, conseguindo processar mais dados do que nunca antes, e isso é notado em todas as idades, de simples crianças até idosos.
Até para se tornarem mais populares e parecerem mais modernos, vários diretos e empresas estão acrescentando o "I" de Internet na frente de seus produtos.
Um estudo escocês mostrou que o simples fato de usar o Facebook faz com que você aumente seu QI (Não significa que se você deixar de estudar para jogar farmville vai fazer você ser fodão).
Então quando digo que, se você lê os comentários do YouTube, isso não faz tão mal assim, você deve acreditar.

6. Estragar você mesmo pode combater o estresse.

Toda essa lista mostrou coisas que envolvem o estresse.
O estresse já foi apontado por  especialistas como sendo "o mal do século". E é bem provável que isso seja verdade por quê, como vimos, o estresse faz você viver menos e ter uma qualidade de vida pior.
Então se formos anaçlisar toda essa lista chegamos a conclusão de que:
Estragar você mesmo reduz o estresse e te faz mais feliz!

Então, como isso faz bem?
Estresse por causa escola? MATE ALGUMA AULA, DESENCANE UM POUCO, NINGUÉM É DE FERRO, RELAXE POR ALGUM TEMPO!
Passando sufoco por causa da dieta? UM SORVETE  DE BAUNILHA NUNCA MATOU NINGUÉM!
Poucas formas de intretenimento são mais eficientes que sair com amigos, jogar video-game, perder tempo na internet, ver Tv, dormir!
Faça isso, claro ,não se esqueça que você também têm responsabilidades mas uma folga não mata.
"Comportamentos Inapropriados", desde que não causem danos à mais ninguém, fazem nós nos prepararmos mais para as situações da rotina, nos torna mais rápidos com decisões e nos tornam mais preparados para tarefas.

Dinheiro na mão? Gaste com alguma porcaria! Compre aquela camisa que você amou! Aquele sapato sai de moda na próxima estação....
Um estudo mostrou que os Suecos são as pessoas mais felizes do mundo, e não é por quê eles são todos loiros ou possuem modelos loiras super saradas
mas sim por que as classes socioeconômicas deles são divididas por linhas muito tênues, o que faz com que todos possam aproveitar a vida.
Ter uma Tv de Plasma ou beber cerveja no bar traz felicidade para ambos.
Isso pode ser provado quando vemos que, em países em depressão, os ricos são muito ricos e os pobres são muito pobres.
Ricos tem muito mas não tem amigos e pobres tem amigos mas não tem muito (materialmente falando).

O Resumo é: Aproveite a vida, seja responsável, mas uma saída da rotina nunca faz mal à ninguém.

Traduzido do Cracked

0 Comentários:

Related Posts with Thumbnails
 
Copyright © Leis de M.E.R.F.